03.06.2017
19h00 · Casa de Mateus

- Casa de Mateus - Caminhos de Mateus · Americantiga ​Ensemble

A Fundação da Casa de Mateus associa-se ao projeto da Douro Generation, associação para o desenvolvimento "Douro em Movimento - Aldeias com Vida", através do programa "Caminhos de Mateus", um programa de atividades musicais que inclui um conjunto de concertos de música antiga e barroca. 

A Música no Tempo de D. Luís António, 4º Morgado de Mateus

O primeiro programa, A Música no Tempo de D. Luís António, 4º Morgado de Mateus, apresentado pelo agrupamento Americantiga acompanhado da soprano solista Sandra Medeiros, propõe uma digressão musical contemporânea à vida de D. Luis António, 4º Morgado de Mateus, com a música instrumental e de ópera produzida e representada em Portugal e no Brasil que moldaram a evolução do gosto na corte portuguesa durante os reinados de D. João V, D. José I e D. Maria I.

Americantiga ​Ensemble

Sandra Medeiros - soprano
Tera Shimizu - violino I
Álvaro Pinto - violino II
Pedro Braga Falcão - viola
Luís André Ferreira - violoncelo
Marta Vicente - contrabaixo
Luís Marques - oboé
Ricardo Bernardes - cravo e direção

 

Reinado de D. João V - o modelo italiano

Carlos Seixas (1704 – 1742) – Abertura em Si bemol maior

Riccardo Broschi (c. 1698 – 1756) – Ária “Son qual nave” da ópera Idaspe (Veneza, 1730)

Antonio Vivaldi (1678 – 1741) – Concerto para oboé, cordas e contínuo em ré menor RV 454

 

A ópera na Corte de Lisboa e a Ópera de São Paulo

João de Sousa Carvalho (1745 – 1798)

Ária “Per me freme irato il vento” da ópera L’amore industrioso (1769)

Pedro António Avondano (1714 – 1782)

- Sinfonia em ré maior – Allegro, Largo, Allegro

Christoph Willibal Gluck (1714 – 1787) 

Ópera Orfeo ed Euridice (1762) – Ária “Che fiero momento”

Pedro António Avondano (1714 – 1782)

- Sinfonia em fá maior – Allegro, Largo, Allegro

Niccòllo Piccinni (1728 - 1800) Ária “Una povvera ragazza” da ópera La Cecchina ossia La buona figliuola (1760)

 

Óperas e O Teatro de São Carlos

António Leal Moreira (1758 – 1819)

Abertura de A saloia namorada (1793)

Ária Albina Saloia “Não há neste mundo”

 

A entrada é livre mas os lugares limitados pelo que se sugere inscrição prévia para o e-mail: cultura@casademateus.pt

 

O Programa Caminhos de Mateus tem o apoio de:

  • Caminhos de Mateus
  • Caminhos de Mateus

Agenda